um blog dedicado à melhor década de sempre - os 80s



televisão: Duarte & Companhia


E-mail this post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...






Duarte & C.a foi uma série de comédia, produzida pela RTP, cuja acção se centrava nas aventuras de uma dupla de detectives que tinham como veículo um Citroën 2CV. Recentemente a série tem sido retransmitida pela RTP Memória.

Em 2005, A RTP editou em DVD os seis episódios correspondentes à primeira série. Em Junho de 2006 foi a vez da segunda e terceira séries, acrescentando 15 episódios aos editados anteriormente. Esperam-se novos lançamentos para o Natal de 2006.

Durante o Inicio dos anos 90 esta série foi transmitida na rúbrica "Sem Legendas", nas tardes semanais da RTP.

in pt.wikipedia.org


Não há memória de uma série da Televisão Portuguesa que ainda hoje, passados todos estes anos, continue a influenciar gerações inteiras e a minha em particular. Naquele tempo (quando ainda havia candeeiros a petróleo e as vias rápidas eram em paralelo (...)) o Duarte e Companhia juntava à mesma mesa, amigos e desavindos, étnias várias, Crentes e Ortodoxos, Queijo e Marmelada, Maçã e Goiaba, (...) o país parava, já na altura muito na via da cintura interna, no garrafão da Ponte 25 de Abril e merecidamente na segunda circular e durante aqueles 50 minutos (há aí alguém que me possa dizer quanto tempo tinha cada episódio?) não se pensava noutra coisa. Como pode haver criatura tão malévola e ruim como Lucifer? Que fará Átila quando descobrir que o seu imensurável poder pode estar ameaçado? Quem poderá suster a força intempestiva dos desiquilíbrios emocionais de Rocha?

A verdade é esta, mais do que a violência física que a pontuava ao melhor estilo Jackie Chan, era a violência psicológica e os métodos que usavam para a exercer que distinguiam a série. Quem não se recorda do episódio da tortura do aquecedor, em que o refém de então é impiedosamente encarcerado numa sala de dimensões exíguas, rodeado de aquecedores, que parcimoniosamente eram ligados até atingirem o nível máximo para seu absoluto desespero. Se para o espectador o sofrimento já era tortuoso, as coisas agravam-se substancialmente para a vítima, ainda neste cena, quando no meio deste intenso calor lhe é colado à frente, em cima da sua mesa, um copo de água bem fresquinha, que sabe não poder consumir por se encontrar atado a uma cadeira de forma severa e irrascível.

A série Duarte e Companhia revolucionou também, porque mostrou o lado humano e não raras vezes altruísta de quem pratica o mal. São constantes as analogias ao amor mesmo em climas de tensão, são evidentes as fragilidades de alguns quando confrontados com o lado mais sensível de um mundo que sabemos ser nosso.

Duarte e Companhia colocou questões mesmo às mentes mais cépticas: Que haverá depois da ínfima linha do horizonte? Poderá a violência ser mais forte do que o amor? Poderá o mal vencer o bem? O consumo exagerado de coentros não será subversivo? Quem terá chegado a este parágrafo terá mais alguma coisa que fazer na vida?

in provaoral.blogspot.com


Há muitos, muitos anos, uma série televisiva vinha revolucionar o que se fazia para o pequeno écrã em Portugal; Duarte & Companhia foi uma das primeiras séries portuguesas, apresentando um apimentado misto de humor e policial que cativou uma audiência nada habituada a ouvir a língua de Camões neste tipo de produtos. E de tal modo a coisa ficou na retina que ainda hoje, nomeadamente nos nossos fóruns, Duarte & Companhia suscita uma onda de interesse inesperada dada a antiguidade do material.

in dvdmania.co.pt

Realizada por Rogério Ceitil, contando com actores como Rui Mendes, António Assunção, Paula Mora, Canto e Castro ou Guilherme Filipe, Duarte e Companhia foi uma das mais populares séries alguma vez produzidas pela televisão portuguesa. Em regime lo-fi, com mais ideias que meios e sob um clima de delicioso nonsense, à lusitana, um policial descontruído que nos revelou personagens como as de Duarte, sua mulher e respectiva mamã (esta sempre com um tilojo na carteira, não fosse ser assaltada), o ajudante Tó, a secretária Joaninha, o Professor Ventura, e os vilões Lucifer, Átila e o... Chinês ("eu não sele chinês, eu sele japonês")...
A edição, assegurada pela Costa do Castelo, tem o mérito de abrir ao DVD o vastíssimo espólio de ficção da RTP.

in sound + vision

Penso que não erro muito se disser que toda a gente que visita este blog viu e não ficou indirefente a esta série da RTP. Eu via e ficava meio abananado com tanto disparate junto :) A começar pela música (via Mistério Juvenil) e acabar pelo fantástico bólide da dupla de agentes Duarte e Tó. Aquilo quase que dava as curvas deitado :) E os vilões? Cada um mais mau que o outro... O chinês, ou japonês, tinha um dos textos mais difíceis de representar na televisão portuguesa na altura! Ah, parece que um dos vilões mora no meu prédio! (não sei se isto é bom ou se é mau...) Estou a falar de um sósia do actor António Rocha! É que é mesmo igual! :) E ainda por cima agora anda a deixar crescer o cabelo!


mais imagens aqui.


4 Responses to “televisão: Duarte & Companhia”

  1. Blogger Linger 

    Grande Serie essa,quando puderes dá um salto no meu blog dedicado tambem aos anos 80.
    Cumprimentos.

  2. Blogger XanaA. 

    Adorava esta série! Muita acção. :D E é verdadde, o vizinho é tal e qual... Se calhar é mesmo ele. LOL

  3. Anonymous Anónimo 

    Grandes anos 80... Duarte e Companhia foi uma muito divertida introdução ao humor caricato e algo nonsense, que é ainda hoje o meu favorito tipo de humor.É com alegria e saudade que me recordo de tudo isto que caracterizou a minha infancia nesses saudosos 80. Silvie

  4. Blogger Isabel 

    Duarte e Companhia marcou a minha infância e passados cerca de 25 anos ainda recordo cenas completamente surreais. O famoso clister ao Lucifer. O desgraçado do homem esteve dez minutos de rabo p´ró ar com um clister ligado à torneira. A carta de amor que o mesmo Lucifer pensava ser a fórmula mágica e já agora o jornal a Bola que todos liam (mesmo nas cenas de pancadaria) à procura de notícias do Benfica.
    Foi e será sempre uma série de culto.

Leave a Reply

[sobre o saudosista]

[sobre este blog]

[envie sugestões]

  • wellenbereich@gmail.com

[livro de visitas]


[o comentário!]


[o podcast!]

  • Add to ClickCaster

[outras saudades]

[arquivo]

[ligações]


Wellenbereich Muzik Manifesto


Directory of Music Blogs


Estou no Blog.com.pt
Divulgue o seu blog!


Blogarama

ATOM 0.3

links ao 80s - a melhor década

a matar saudades

saudosistas
eXTReMe Tracker



© todos os direitos reservados